sexta-feira, 1 de maio de 2015

Lançamento "Tanta coisa me interessa, mas nada tanto assim"‏

Nada neste mundo me interessa mais que quadrinhos. Bem, talvez nenhum outro objeto, excetuando-se as pessoas. Mas quadrinhos, para mim, são mais que objetos. Como se eu fosse um super-herói, quadrinhos são um superpoder. Com eles eu consigo usar os dois lados do meu cérebro ao mesmo tempo e raciocinar mais rápido do que as pessoas que não estão acostumadas com esse tipo de leitura. Com os quadrinhos, você interpreta texto e imagem ao mesmo tempo, como elementos independentes e também como uma coisa só. Quadrinhos são, hoje, mais importantes do que jamais foram, como você poderá conferir no texto que abre esse livro.
O conteúdo aqui apresentado foi publicado primeiramente no meu blog SplashPages (http://splashpages.wordpress.com) e foi selecionado com a ajuda do Henrique Magalhães depois que eu sugeri a ele uma publicação pela Marca de Fantasia utilizando o conteúdo do blog. Tendo isto em vista, selecionamos textos que abarquem o quadrinho como mídia e como sistema, como comprova o texto em que compara a tal nona arte com literatura. Mas vai além de comparar apenas com o sistema escrito, mas com o audiovisual, quando compara-se os quadrinhos com as séries de televisão e as novelas.
Também falarei sobre a forma dos quadrinhos, num tempo em que, talvez, ela tenha sobrepujado o conteúdo. Mas esse último item não fica de fora, com uma breve análise da evolução narrativa dos quadrinhos e a importância de termos personagens sempre diferentes nas nossas queridas HQs. Ainda tem espaço para quadrinhos digitais, recepção e uma breve comparação de universos ficcionais que contém universos ficcionais.
Espero que você curta essa breve leitura e depois parta para o blog para se entreter com demais conteúdos sobre quadrinhos. Bom mergulho! SPLASH!

Guilherme Smee

Nenhum comentário: