quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Adeus!

As histórias em quadrinhos possuem em seu contexto histórico autores que compreenderam que essa linguagem deveria ser mais que mero reduto de aventuras cósmicas ou dotadas de personagens com superpoderes ou inseridas em enredos que pouco ou nada têm a ver com o reflexo da sociedade.
As histórias em quadrinhos têm entre seus ancestrais a caricatura e a charge e se posicionam acerca dos temas relevantes da sociedade. Ao longo de mais de 100 anos de vida, o gênero vai amadurecendo pelas mãos de seus respectivos autores.
Adeus trata do tema Ateísmo e é mais um passo rumo ao desenvolvimento de temáticas dentro das histórias em quadrinhos.
O Ateísmo é um tema tão antigo da humanidade quanto o próprio conceito de religião e ao longo dos tempos diversos setores da sociedade vêm debatendo e desenvolvendo essa linha de pensamento para o mundo contemporâneo. Ingênuo quem pensa que Ateísmo é um pensamento utilizado por quem não acredita em Deus apenas. Em uma visão subversiva, podemos ver nas religiões contemporâneas marcas de uso dos conceitos Ateístas no intuito de desacreditar outras religiões.
Infelizmente a sociedade não possui um entendimento pleno do que seja o Ateísmo. Isso é uma pena, pois mostra que a propensão à alienação continua plena e não mostra sinais que irá terminar tão cedo.
Não cabe à publicação convencê-lo que o Ateísmo é melhor que ter uma crença religiosa. O intuito é convidá-lo a ler e conhecer através dos diversos autores dessa coletânea o que pensamos do Ateísmo e propor um debate crítico e democrático, independente do seu posicionamento religioso.
 
Alberto Pessoa

ADEUS
Vários autores. H. Magalhães (org.)
40 págs. 14x20cm. R$12,00.

Nenhum comentário: