sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Marca de Fantasia relança “Um mundo em Quadrinhos”

Em “Um mundo em Quadrinhos”, obra de Wellington Srbek lançada pela editora Marca de Fantasia em 2005 e que agora ganha agora a segunda edição, constata-se que, por mais que os quadrinhos façam parte de nosso cotidiano, tentar defini-los conceitualmente não é uma tarefa fácil. O autor considera que há ainda muito a se estudar, toda uma “história dos quadrinhos” a ser escrita é uma tradição crítica a ser estabelecida.
Com quase dois séculos de história, as Histórias em Quadrinhos se tornaram uma excepcional forma de comunicação, sendo difundidas por meio de tiras de jornais, revistas e álbuns. As obras dos grandes autores e desenhistas conseguiram impingir aos quadrinhos uma linguagem própria e distinta de outros veículos da indústria cultural.
Como ressalta Srbek, por meio de uma dinâmica interação com a imprensa, o cinema, a publicidade, o rádio e a televisão, os quadrinhos contribuíram para a formação da cultura contemporânea (Super-Homem, Mônica, Asterix ou Snoopy são figuras tão ou mais conhecidas que muitas das celebridades de nosso tempo). Mesmo no que se refere aos processos mais elementares envolvidos na leitura de uma história em quadrinhos sabemos com muito pouca exatidão quais componentes de assimilação mental, que códigos visuais e que simbologia interagem. Só recentemente os “pensadores” de nossos dias começaram a se interessar, e ainda timidamente, pelo que se passa dentro das quatro linhas dos quadrinhos (e o que se tem descoberto é motivo de grande fascinação e atenção redobrada). Abordando os quadrinhos desde sua composição formal, sem deixar de lado suas implicações contextuais, Srbek procura estabelecer um diálogo com estudiosos de diversas áreas, cujas obras auxiliaram na composição do quadro conceitual deste trabalho. O autor vai buscar nas especificidades estéticas dos quadrinhos o referencial e o ponto ao qual se dirige a análise. Um mundo em Quadrinhos é a adaptação do primeiro capítulo da dissertação de Mestrado Quadrinho-arte: uma leitura da revista Pererê de Ziraldo, de Wellington Srbek, realizada na Faculdade de Educação da UFMG. A este capítulo foram inseridos novos trechos elaborados especialmente para esta versão. Com esta obra Srbek procura desmontar alguns equívocos acerca dos quadrinhos, repetidos à exaustão: de que surgiram nos Estados Unidos em 1896; de que são simplesmente um tipo de literatura; de que não passam de mero entretenimento.
Um mundo em Quadrinhos
Editora Marca de Fantasia
Autor: Wellington Srbek
76 páginas
13 x 19 cm
R$20,00 (com postagem)

Nenhum comentário: