terça-feira, 14 de outubro de 2014

Fanzineiros no Sul

O professor, desenhista e fanzineiro Gazy Andraus, de São Vicente/SP, esteve no Rio Grande do Sul, entre os dias 6 e 12 de setembro para atividades acadêmicas, um com o ASPAS – Associação de Pesquisadores da Arte Sequencial – na Faculdade EST em São Leopoldo e outra com um grupo de fanzineiros gaúchos na FURG – Universidade Federal de Rio Grande, na cidade de Rio Grande.
No dia 6 de setembro, Gazy Andraus encontrou-se com cinco fanzineiros da Região Metropolitana de Porto Alegre: Denilson Reis e Alex Doeppre da Quadrante Sul Comics; Fábio Barbosa do zine Reboco Caído; Giselle de Andrade do zine Desconexões Neurais; e Aline Ebert do zine Relicário de Palavras. O grupo se reuniu para ir até a cidade de Rio Grande para participar de uma palestra na FURG e visitar a Fanzinoteca Mutação. O convite para estas atividades partiu do fanzineiro Law Tissot.
Durante a viagem até a cidade de Rio Grande, cerca de 5 horas de Porto Alegre, o grupo conversou muito sobre assuntos variados da cultura pop e dos projetos pessoais sobre fanzines, quadrinhos e eventos. Após o almoço, já na cidade de Rio Grande, o grupo foi conhecer o ponto de cultura Arte e Estação. O local abriga a primeira fanzinoteca física do Brasil, coordenada por Law Tissot.
Entrar na fanzinoteca e ver suas paredes repletas de reproduções de zines, estantes e bancadas com zines e coleções de fanzines clássicos é uma emoção indescritível para aqueles que puderam acompanhar a história do fanzinato nacional.
No final da tarde, os fanzineiros dirigiram-se para a FURG, onde Gazy Andraus proferiu a palestra “Os Paratópicos Fanzines – Os Criativos Fanzineiros e sua Arte”, para um público composto de vários fanzineiros, quadrinhistas independentes e estudantes de Artes Visuais.
No dia 11 de setembro, Denilson Reis e Alex Doeppre estiveram reunidos com os fanzineiros Gazy Andraus, Matheus Moura, Edgar Franco e Danielle Barros, além do desenhista Laudo Ferreira Júnior e do professor e colecionador de quadrinhos Carlos Lacerda, na Faculdade EST, em São Leopoldo.
O grupo estava participando de um Fórum Internacional que abrigou o Congresso da ASPAS, da qual os fanzineiros fazem parte. Foi um momento bacana, pois proporcionou o encontro de amigos que só se conheciam através da troca de cartas e publicações. O encontro destes amigos de longa data – cerca de 30 anos – só reforçou a união do grupo pra a produção de novos trabalhos.

Nenhum comentário: