sábado, 28 de setembro de 2013

Abertura da 7ª Feira do Livro de São Luís reúne grande público

Evento literário acontece até 06 de outubro, na Praia Grande.Durante a Feira serão mais de 100 lançamentos de livros.

Feira do Livro reúne escritores, estudantes, obras
inéditas e já reconhecidas
São Luís (FeliS), no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande.
Com uma homenagem ao poeta Nauro Machado, foi aberta na noite de sexta-feira (27), a 7ª edição da Feira do Livro de personalidades dos universos literário e acadêmico, além de políticos, estudantes e pessoas da comunidade prestigiaram a abertura da 7ª FeliS. O evento literário será realizado até o dia 6 de outubro, sempre no horário das 10h às 22h.
Na ocasião serão mais de 100 lançamentos de livros, número superior de escritores reunidos em diversos eventos nos quais a feira se subdivida no novo espaço. A programação conta ainda com rodas de conversa, palestras, recitais, peças teatrais, shows musicais, atividades voltadas para o público infantil, entre outros.
Pela primeira vez a feira é realizada na Praia Grande. A mudança de endereço da Feira do Livro de São Luís na sétima edição é uma modificação também na forma de realizar o evento entranhado no calendário cultural da cidade. “A ideia é gradativamente ir mudando a forma para que a Feira do Livro de São Luís seja colada à imagem da cidade, com o patrimônio artístico e arquitetônico e ao mesmo tempo em que acompanhe as mudanças tecnológicas que hoje modificam a forma de leitura”, enfatizou o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Francisco Gonçalves.
A Feira do Livro de São Luís é realizada pela Prefeitura de São Luís, que conta com a parceria do Serviço Social do Comércio (Sesc/MA), Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem), da Secretaria de Estado da Cultura (Secma) e da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). A programação completa do evento está disponível nos endereços www.saoluis.ma.gov.br e www.ma.gov.br.

Agora, anotem aí, pessoal! Pois essas datas sãomuito importantes na 7ª Feira do Livro de São Luís - Felis

28/09- SÁBADO
CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
Galeria Valdelino Cécio
16h30 - São Luís: 400 + 1
Convidados: Bruno Azevêdo, Flávio Reis e Ricarte Almeida Santos
03/10 - QUINTA-FEIRA
PALESTRAS

CAFÉ LITERÁRIO
Local: Galeria Valdelino Cécio - Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
16h30 - Quadrinhos no Maranhão - Convidados: Beto Nicácio, Iramir Araujo
e Zilson Costa
Local: Teatro João do Vale
20h - Quadrinhos e transgressão - Palestrante: Allan Sieber, Ronaldo
Bressane e Bruno Azevedo / Mediador: Iramir Araujo

LANÇAMENTOS
Local: Praça Valdelino Cécio
19h - Lançamento de livro: A Intrusa – Bruno Azevêdo

04/10 - SEXTA-FEIRA
PRAÇA DA JUVENTUDE
Local: Praça Valdelino Cécio
17h às 19h - Cinema e Vídeo: Quadrinhos Produzido no Maranhão - Zilson Costa

Contamos com sua presença! 

 

Ray Sullivan premiado na 13ª Feira HQ no Piauí

Aproveitamos a oportunidade também para parabenizar o talentoso Ray Sullivan, que ganhou a merecida menção honrosa na 13ª Feira HQ, no Piauí! Parabéns pro cara!



Desenhistas maranhenses nos EUA

Detalhe de página de "The Origin of Shazrath".
Outro artista local que também vem conquistando espaço no mercado americano desenhando também para a Argo Comics é o meu amigo Zilson (Zeck) Costa, criador do intrépido Homem-Caveira. Zilson já desenhou várias pin ups para a editora e recentemente produziu a HQ "The Origin of Shazrath".
Mas o artista ludovicense não está sozinho nessa situação. Rom Freire é outro artista local que já vem trabalhando há algum tempo na indústria de quadrinhos norte-americana, desenhando para revistas e sites dos EUA e o seu irmão Ronilson Freire, que atualmente tem feito sucesso no mercado americano conseguindo um contrato de exclusividade com a editora do Besouro Verde, recebendo salário de grandes desenhistas de renome do mercado americano.



Ms Muscle. Arte de Rom Freire
História de Mark Waid e arte de Ronilson Freire.
Pois é, galera! Damos os parabéns a essa galera que vem suando a camisa e mostrando aí fora que aqui também tem muita gente boa e talentosa. E que mais portas sejam abertas e novos artistas surjam para levar adiante as HQs em São Luís!

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Sullivan Suád na editora americana Argo Comics

O desenhista maranhense Riccelli Sullivan (Suád) (Homem-Camaleão, Átomo e WarZone) vem trabalhando há um ano com a editora Argo Comics, do editor Dan Sehn, em projetos envolvendo os títulos Sorority Of Power e Argo 5.

Fantástico trabalho de arte. Ótima composição e traço agradável. Possui muita habilidade e profissionalismo”, declara Sehn.


Para Suád, “a Argo é uma editora de liberdade artística que venho curtindo muito. A receptividade do meu trabalho tem sido ótima e o retorno é estimulante. Tenho evoluído bastante com essa nova experiência e espero poder corresponder com todo meu empenho a esta nova jornada”.



Vem aí... 3ª Expo HQ São Luís

Exposições, vendas de HQs, exibição de Filmes e palestra com artistas locais que trabalham para o mercado americano.

Em Outubro.

Aguarde! Em breve estaremos divulgando mais informações!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

DOWNLOAD - DESCONHECIDOS #1 por OLAVO COELHO

Direto das páginas da COMICSTATION, a criação máxima de OLAVO COELHO: DESCONHECIDOS. Nesta primeira edição contamos com a contribuição dos artistas RICCELLI SULLIVAN SUAD, WAGNER ELIAS e ZILSON (ZECK) COSTA! Confira Aqui!















Download: http://www.mediafire.com/download/cx11tcrm8g0r7wh/Desconhecidos+1.rar

DOWNLOAD - LÁPIDE #2

A matança continua na Fazenda Boa Esperança. JÚLIO e seus amigos são perseguidos por VITOR, um maníaco homicida que não irá parar até que sua sede de sangue seja saciada, nesta sequência de HERANÇA MALDITA. E mais: Às vezes, o que seria uma benção pode se tornar maldição na HQ 'A VIDA É A MAIOR RIQUEZA' de ANTÔNIO PEREIRA DE MELO. E ainda: a continuação da matéria Serial Killers do cinema contando a história de um dos mais terríveis serial killers já concebidos pelo cinema MICHAEL MYERS (HALLOWEEN).








Download: http://www.mediafire.com/download/9112dfaab6b0phb/L%C3%81PIDE+2.rar


sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A nova galeria de vilões do Homem-Camaleão

É isso aí!
Uma nova galera do mal tá surgindo! 
Muito em breve... Nas páginas do Homem-Camaleão! Agora curtam alguns esboços que fiz dos personagens...

Caranguejo
Concreto
Rage
Triton

DOWNLOAD - ÁGUIA DE BRONZE - REVENGE #1: LEMBRANÇAS

Tem inicio o novo arco de aventuras da patrulheira intergalática ÀGUIA DE BRONZE em sua saga intitulada REVENGE. A partir daqui KAYLA terá que enfrentar novos adversários e antigos fantasmas dos seu passado. Imperdílvel!

Download: http://www.mediafire.com/download/vyngh95j0dqk4qt/%C3%80guia_de_Bronze_Revenge_%231_Lembran%C3%A7as.rar

1ª GRAPHIC NOVEL SOBRE TRANSEXUAIS É LANÇADA EM RIBEIRÃO PRETO

 
A cidade de Ribeirão Preto, localizada no interior do Estado de São Paulo, sai na frente e ficará para a história com o lançamento da primeira graphic novel transexual. Malu – Memórias de Uma Trans é uma história em quadrinhos de Cordeiro de Sá e será lançada no próximo dia 23 de setembro, segunda-feira, a partir das 20h, no Memorial da Classe Operária – UGT. Ao todo são 40 páginas criadas a partir de depoimentos e casos reais do universo LGTB, que nos convidam a refletir sobre identidade, liberdade, plenitude e amor.

A ideia original surgiu quando o autor reencontrou no Orkut a atriz Alessandra Leite, sua amiga de infância que havia se tornado drag queen e começava a trilhar o caminho mais sério para sua transformação física. “Mesmo hétero, sempre fui muito sensível ao LGBT, pois tenho muitos amigos, alunos e mestres homossexuais. Mas acompanhar parte da transformação de minha amiga de infância, de “menino” para mulher, me mostrou que esse processo muito sofrido é também muito rico. Então, fui juntando histórias reais para dar vida à personagem fictícia e dizer o que todo mundo sabe, mas poucos sentem de verdade: independentemente dos corpos que habitamos, somos todos humanos e precisamos de respeito e afeto”, explica Cordeiro de Sá.
A obra tomou forma com a consultoria técnica da transexual Ágatha Lima. Malu - Memórias de Uma Trans não pretende chocar, mas iniciar o diálogo. Feita com uma linguagem contemporânea, com inspiração em cartoons atuais, atinge todos os públicos e diverte enquanto coloca pontos importantes para a reflexão.
O projeto realizado pelo selo RPHQ – Ribeirão Preto em Quadrinhos, com apoio institucional da Atômica Filmes, já nasceu premiado. Em 2012, foi um dos contemplados pelo Programa de incentivo cultural da Secretaria municipal da Cultura de Ribeirão Preto. 
Ao todo serão distribuídos gratuitamente 5 mil álbuns, além da disponibilização de link para download na fanpage https://www.facebook.com/ribeiraopretoemquadrinhos

CORDEIRO DE SÁ - O AUTOR
Cordeiro de Sá (1972) é arquiteto urbanista, artista visual e organizador da coletânea Ribeirão Preto em Quadrinho que, indicada ao Prêmio HQMIX 2013, deu origem ao selo RPHQ. Além de sua atuação cultural  e artística, já foi premiado por suas ações sociais e políticas contra a violência contra a mulher e em favor de direitos das crianças e adolescentes.

SERVIÇO|
NOITE DE AUTÓGRAFO| MALU MEMÓRIAS DE UMA TRANS, uma HQ de Cordeiro de Sá
Data 23 de setembro, segunda-feira
Horas a partir das 20h
Local: Memorial da Classe Operária – UGT
Rua José Bonifácio, 59, Centro
Telefone para mais informações
(16) 99314-5455
Mais informações para imprensa
Erika Daguano
(16) 99172-6500| 98213-5674| 98828-9198

domingo, 15 de setembro de 2013

DOWNLOAD - WARZONE #4

Demorou, mas saiu! A quarta edição de WarZone! Quase um anos depois. Dando continuidade a saga do herói Deheon Thormy e sua trupe de aventureiros contra as ordas do mal. E só Deus sabe o quanto tem sido difícil pra nós dar andamento a este trabalho e a tantos outros. Mas estamos aqui, firmes e fortes!
Nesta edição contamos com a contribuição do jovem artista Rayanderson Oliveira que nos presenteia com seu irreverente tranço e uma história cheia de ação e emoção. A capa desta edição também é obra do mesmo artista.
 
Espero que curtam!

Download: http://www.mediafire.com/download/9btymvdw4crmi2i/War_Zone_4.rar

Curso de como fazer um sketchbook na Gibiteca de Santos


Desde ontem estão abertas as inscrições para o mais novo curso da Gibiteca Municipal “Marcel Rodrigues Paes”, que acontecerá entre os dias 14 e 28 deste mês.
A oficina vai ensinar a criar um livro de desenhos (sketchbook) a partir de um bloco de papel comum. O responsável pelo curso é o cartunista e ilustrador Osvaldo Da Costa, que ainda vai ensinar técnicas de desenho usando modelos reais.
O curso é gratuito e acontece sempre aos sábados, das 9h às 13h, com vagas limitadas. Para se inscrever é preciso ter idade mínima de 18 anos. As inscrições podem ser feitas na própria Gibiteca ou pelo telefone (13) 32881300.


Osvaldo da Costa, ou simplesmente DaCosta, nasceu em São Paulo (SP) e mora em Santos desde 1996. Dono de uma técnica apurada, é um dos artistas mais festejados do país, com prêmios na Espanha, Itália, Irã, Portugal, Austrália etc., além dos nacionais como o do Salão de Humor de Piracicaba, na Bahia, em Pernambuco e outros. Tem trabalhos publicados em boa parte da imprensa brasileira, incluindo O Pasquim; Exame; Folha de S.Paulo e o jornal A Tribuna. Atualmente é professor universitário em Santos.
A Gibiteca fica no Posto 5, na Av. da praia, bem em frente à rua Osvaldo Cruz, no bairro do Boqueirão. Fica aberta das 9h às 19h de segunda à sexta-feira e das 9h às 13h aos sábados e domingos.

24 Horas de Quadrinhos em Salvador

 As inscrições para o 24 Horas de Quadrinhos 2013 já estão abertas. O evento voltado para a celebração da nona arte é um misto de concurso e diversão em que o participante tem como objetivo principal construir uma historia em quadrinhos de 24 páginas em 24 horas ininterruptas. Qualquer pessoa pode participar do desafio, seja profissional ou amador, produzindo HQs de qualquer natureza, estilo e temática.
O “24 Horas de Quadrinhos” ou “24 Hour Comics Day” tem vagas limitadas e as inscrições ficam abertas até 3 de outubro. Para participar do desafio é fácil: basta preencher o formulário que aparece no site da RV Cultura e Arte, esperar o e-mail de confirmação e realizar o pagamento da taxa (que inclui papel especial, jantar, café da manhã e bebidas durante todo o dia).
O evento é realizado simultaneamente em diversas partes do mundo, sempre em outubro, e é coordenado pela ComicsPRO, a associação americana de comic shops. Vale lembrar que de acordo com as regras oficiais do “24 Hour Comis Day” um verdadeiro quadrinho participante é feito por uma única pessoa durante 24 horas. O ponto central do “24 Horas” é que cada pessoa tente sozinha completar as 24 páginas. Segundo a tradução literal das regras gringas: produzir com um parceiro é uma questão de apoio mútuo, não de trabalho mútuo!
Esse ano o evento conta com 3 apoiadores, as editoras Conrad, Devir e New Pop que enviam uma porção de brindes para serem distribuídos durante as 24 horas de evento! Como nos anos anteriores, quem finaliza as 24 páginas em tempo hábil deve ganhar kits bem legais de HQs. E a HQ mais votada pelos participantes ainda leva um pacotão de quadrinhos! O desafio começa às 10h do dia 5 de outubro e só termina às 10h do dia 6 de outubro!
Mas para quem não desenha ou preferir não participar do desafio bolamos um bate-papo seguido de sessão de autógrafos com a Lu e o Vitor Cafaggi, os irmãos autores da HQ “Laços”, lançada recentemente pela Panini e parte do projeto Graphic MSP que, para quem ainda não sabe, entregou na mão de novos talentos dos quadrinhos brasileiros alguns dos personagens da Turma da Mônica. O encontro com os autores acontece as 16h30 do dia 5 de outubro e é gratuito e aberto ao público.
A HQ “Máquina Zero”, antologia internacional que dá o ponta pé inicial no selo editorial do site Quadro-a-Quadro será lançada durante o evento às 15h do dia 5 de outubro. Lucas Pimenta, organizador da publicação vai estar presente falando sobre o título e os autores envolvidos.
O cartaz deste ano foi produzido pela talentosa Clara Tarrafa, que por um acaso teve a HQ mais votada no 24 Horas de 2012.

24 Horas de Quadrinhos 2013

Quando: 5 de outubro
Onde: RV Cultura e Arte
Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho
Salvador – BA

sábado, 14 de setembro de 2013

DOWNLOAD - FÁBRICA DE MONSTROS 11

Mais um edição de FÁBRICA DE MONSTROS do fanzineiro SÉRGIO OLIVEIRA! E como sempre, esta edição está cheia de surpresas. Confira!

Download: http://www.mediafire.com/download/bwsi95degdg9jap/F%C3%A1brica_de_Monstros_11.pdf

DOWNLOAD: HOMEM-CAVEIRA 16

O ESPETACULAR HOMEM-CAVEIRA encontra o super-herói japonês JASPION em uma aventura emocionante! Tudo roteirizado, desenhado e arte-finalizado pelo talentoso ZILSON (ZECK) COSTA.

Download: http://www.mediafire.com/download/68lwqhvqlt24gzb/Homem-Caveira_16.rar

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Catálogo de Heróis Brasileiros – Volume 1

Apenas frequentando bancas de jornais, é impossível que a geração atual saiba que o Brasil tem uma prolifera produção em quadrinhos de super-heróis, datada desde a década de 30. Enquanto uns derivavam de programas de rádio, outros eram baseados em personagens norte americanos e europeus.  Mas claro, tem MUITOS personagens bem originais com ótimas histórias que merecem ser conhecidas por qualquer fã da nona arte.
O ilustrador Bartolomeu Martins (conhecido como Lancelott) vem desde 2008 catalogando em seu próprio site todos os heróis brasileiros, trabalho esse que recentemente foi compilado e distribuido gratuitamente em arquivo digital. Baixem e divirtam-se, com certeza vão relembrar de velhos conhecidos ou se surpreenderem com muitos personagens obscuros.

 
E não deixem de visitar a página do Lancelott, tem muito mais material interessante por lá.


Um novo universo!

Por Lincoln Nery, extraído do QI 122

A verdade é que o quadrinho brasileiro não se firma porque não existe uma grande editora como DC ou Marvel por aqui. Uma editora que unificasse todos esses personagens num universo único, e que investisse pesado em publicidade, marketing e produtos derivados.
Faltam parcerias, não só dos quadrinhistas entre si, mas também com outros segmentos do mercado de entretenimento. Imagine um universo com o Jou Ventania e a Velta enfrentando Mirza! Ou o Capitão Ninja no maior "pau" com o Lagarto Negro? E ainda o retorno dos maiores heróis do passado como o Raio Negro, o Judoka, Capitão 7, o Vigilante Rodoviário, todos reformulados para os novos tempos?
Você acha que todos eles coexistindo, participando de megassagas não seria um sucesso? E essa editora ainda poderia ter um espaço para os personagens mais cômicos como o Ed Mort, Overman, pense nesses dois juntos. Ia ser no mínimo demais! Um Brasil nos gibis bem caracterizado com suas grandes metrópoles. Rio de Janeiro e São Paulo agindo como Nova Iorque nas revistas Marvel, e ainda cidades fictícias coexistindo com as reais. Futuros anternativos como o do Gralha e do Quebra-Queixo.
Claro que ícones como Batman, Homem-Aranha e Superman não seriam esquecidos, mas seria muito melhor termos um universo com personagens brasileiros, que passassem por problemas do nosso cotidiano.
Esses personagens, sendo bem escritos e com um boa divulgação, num universo único, coexistindo um com o outro, iam acender novamente o mercado, criando novas percepções.
Quadrinho nacional é a maior diversão!
E isso de dizer que o brasileiro acha besteira existir um super-herói sério, é grande idiotice! Existe espaço para todos os personagens. Eu, por exemplo, gostaria muito que o Brasil tivesse grandes heróis, que pelo menos na ficção seres mais poderosos pudessem nos salvar e tomar conta da gente: Símbolos que elevassem nossa fé ao ver as  tristezas que passam nos telejornais diariamente.
Você, quando vê traficantes aterrorizando o Rio, nunca imaginou alguém como o Batman acabando com isso? Ou alguém como o Superman salvando pessoas da seca? Problemas reais existem no mundo todo, inclusive nos Estados Unidos, como a tragédia do World Trade Center, mesmo assim, eles não deixaram de acreditar em seus heróis. Tanto que o filme do Homem-Aranha, lançado pouco depois, foi um sucesso.
Basta querer e imaginar. Essa é a única opção. quem sabe com gibis mais baratos e personagens até melhores que os americanos? Por que não? Eu não vou mudar de herói favorito, mas aceito levar um nacional e começar uma coleção, se for bom.